Large BGP Communities (Internet Draft)

Na semana passada estava perdido a passear “pela internet” e dei de caras com um draft IETF interessante. Este draft é do grupo Inter Domain Routing Working Group (IDR WG) e tem o nome de Large BGP Communities, actualmente na 6ª versão.

O que são?

Provavelmente já ouviu falar de BGP communities. Este atributo BGP definido no RFC 1997 é dos mais utilizados para ajudar empresas e ISPs a aplicar políticas de roteamento a um grupo de prefixos partilhando alguma propriedade em comum.

BGP communities são valores de 4 Bytes (32 bits) representados em grupos de 2 Bytes como A:B. O valor A é a representação hexadecimal dos primeiros 2 Bytes e o valor B a representação decimal dos outros 2 Bytes. É prática comum utilizar os primeiros 2 Bytes como o ASN (Autonomous System Number) e os 2 últimos para passar informação para os routers upstream (por exemplo, o valor de Local Preference a ser atribuído às rotas).

Mas há um problema com estas communities. O RFC1997 está em uso desde 1996 e desde então muita coisa mudou. Uma destas mudanças é o RFC6793 que define a capacidade dos routers utilizarem ASN de 4 Bytes (32 bits) ao invés do valor mais pequeno de 2 Bytes (16 bits). Continue reading

Onde nos encontramos?

Onde nos encontramos? Não no tempo, mas no espaço. Onde nos encontramos para nos conhecermos uns aos outros? Este post é sobre networking mas não entre máquinas, networking entre pessoas.

No podcast Datanauts #23 dos packetpushers.net fiquei espantado com a quantidade de eventos que se realizam regularmente nos Estados Unidos. Ia enumerar aqui alguns mas poderão ver no link.

Pus-me então a perguntar: Continue reading