Putty: Migração de configurações

Poucas coisas há neste mundo mais terríveis do que mudar de computador. Ao longo dos meus anitos de vida, fui aperfeiçoando esta “arte” no Windows e felizmente hoje tenho programas que mantêm as configurações desde há 5 PC’s atrás sem ter de as fazer de raíz.

No entanto, o Putty, o nosso preferido para acesso remoto por linha de comandos, é um programa cuja migração nunca consegui dominar. A mudança de PC implicou sempre a reconfigurações das sessões gravadas no novo PC… até hoje!! hahahhahha!

A minha “arte quase perfeita” de migrar programas e configurações no Windows resumiu-se na descoberta de que a maioria das aplicações no Windows 7 guardam as configurações nas pastas:

  • %HOMEPATH% (C:\Users\<nome-do-utilizador>)
  • %APPDATA% (C:\Users\<nome-do-utilizador>\AppData\Roaming)
  • %LOCALAPPDATA% (C:\Users\<nome-do-utilizador>\AppData\Local)

Onde <nome-do-utilizador> varia de acordo com o utilizador.

Mas o espertinho do Putty não guarda nada nestas pastas… NADA! Nem mesmo na pasta onde corre.

Onde ficam então as configurações do Putty?

Para mostrar como fazer esta migração, vamos supor um PC com o Putty configurado com 3 sessões: sess01, sess02 e sess03.

Sessoes Putty

O Putty guarda as configurações numa “coisa” do Windows chamada Registry. O Windows Registry não é mais do que…

…   …  Sinceramente eu não sei explicar! Só sei que é algo crítico para o funcionamento do sistema operativo e fica desde já avisado:

Erros na edição do Windows Registry podem causar problemas graves nas suas aplicações e no sistema operativo. Antes de fazer qualquer alteração, faça sempre um backup.

Sendo o Registry um elemento crítico do sistema, não vai conseguir correr se não tiver privilégios de administrador.

Para ver o Windows Registry podem ir ao Start, digitem regedit seguido de Yes (ou Sim) na janela que se segue.

UAC Regedit

Verão logo a seguir a janela de edição do Windows Registry. Um conjunto de “pastas” à esquerda e uma lista à direita. Estas pastas são chamadas de keys e à direita estão os values (valores) das keys. Esta lista à direita muda de acordo com a key seleccionada à esquerda.

Registry Editor

Para encontrar a configuração do Putty poderíamos navegar manualmente para a key do Putty mas a forma mais rápida e fácil é procurarmos pela palavra “simontatham” no menu Edit–Find ou CTRL+F.

regedit search

Aí o programa navega até à key … e expandindo é possível ver “Sessions” com cada uma das sessões configuradas no seu interior.

Configuração de sessões do Putty no Windows Registry Editor

Na Status Bar, na parte inferior da janela, é possível ver o caminho completo para a key encontrada.

HKEY_CURRENT_USER\Software\SimonTatham\PuTTY\

Configurações encontradas. Como migra?

Com conhecimento da estrutura acima a migração consiste numa simples exportação no PC de origem, seguido de importação no PC de destino.

Passo 1 – Exportar as configurações no computador de origem

Opção Export no menu clique direito da key “SimonTatham”. Certifique-se que faz o clique direito em “SimonTatham” e não numa key acima.

Exportar Configurações do Putty

De seguida escolha o ficheiro de destino. Este ficheiro deverá movido para o computador de destino para ser importado.

Passo 2 – Importar as configurações no computador de destino

No computador de destino, vamos assumir uma configuração default do Putty quando se corre pela primeira vez. Sem sessões além da “Default Settings”.

puttydefault

Com o ficheiro anteriormente importado já no PC de destino, para importar basta um clique duplo no ficheiro gravado anteriormente. Vai receber uma mensagem de alerta por correr o editor do Registry. Aceite e logo depois um novo alerta sobre a importação.

regedit import

O ficheiro é seguro, pode continuar em Yes/Sim.

No final, o programa informa que a importação foi bem sucedida.

regedit import success

Confie em mim, quando voltar a correr vai ter as suas sessões importadas tal como na origem!

Sessões Importadas para o Putty

Sessões Importadas para o Putty

Embora esta post seja orientado para o Putty, o procedimento aqui apresentado serve para outros programas desde que saiba onde as configurações são gravadas no Registry. A procura (find) é a forma mais rápida de encontrar.

Algumas notas importantes

  1. As configurações importadas são adicionadas à configuração existente.
  2. Em caso de conflito com valores já existentes a configuração importada substitui a existente.
  3. Embora eu recomende fazer backup do Registry, sinceramente, nunca fiz um restore antes. Se acha que vai precisar investigue antes como o fazer.
  4. Eu avisei!

——–

Inside the Registry
https://technet.microsoft.com/en-us/library/cc750583.aspx

Windows registry information for advanced users
https://support.microsoft.com/en-us/help/256986/windows-registry-information-for-advanced-users

1 Comment Putty: Migração de configurações

  1. Pingback: VirtualBox: Extension Pack Installer Failed. VERR_ACCESS_DENIED. A solução! | Ignorante e Indeciso

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *