A melhor maneira de aprender…

Desde a minha juventude o meu pai me dizia:

“A melhor maneira de aprenderes algo é aceitares o desafio de ensinar a alguém”

E ensinar nunca foi o meu forte. Sempre foi algo do qual eu fugia até há alguns anos atrás, quando aprendi que era de facto verdade e comecei a perder o medo de falar em público. É na hora de se tentar ensinar que descobrimos os pequenos detalhes que nos faltam.

Comecei recentemente um desafio do género, não porque me pediram, mas porque eu mesmo me ofereci para solidificar o conhecimento de ambos os lados, de quem ensina e de quem recebe. “Win-Win situation”. Uma “formação à medida” a um grupo de funcionários de uma empresa sobre bases roteamento e protocolo OSPF ao nível de conhecimento CCNP.

Então… chegou a hora de descobrir o pouco que ainda sei e refrescar o que já fugiu.

De volta ao básico!
Books + Books

E lembrem-se sempre:

“O conhecimento não vale de nada se não for partilhado e posto em prática, por menor que ele seja”

Albufeira cheia de água pra quê?

O tópico do momento, pelo menos cá em Luanda, é a energia (ou a falta dela.) Muito se fala das restricções de energia necessárias para encher a albufeira da nova barragem de Laúca e todos sentimos (e de que maneira).

Enche reservatório de dia, energia à noite, desvio para albufeira, pouca água em Cambambe… no meio disto tudo senti nos meios de comunicação a falta de uma explicação clara de por que sequer se precisa de ter uma albufeira cheia de água. Continue reading

Siga o blog!

Actualizei o serviço de subscrição do blog por e-mails. O serviço inicial, Jetpack, tinha alguns problemas:

  1. O e-mail é enviado imediatamente. Mais de uma vez saiu um e-mail quando publicava sem querer.
  2. A linguagem. Todos os subscritores recebem actualizações nas duas línguas, um e-mail para cada língua. Isto é incómodo tanto para quem não entende uma das línguas como para quem entende as duas.

Por este motivo migrei para o Mailchimp, que além de enviar um único e-mail diário sempre que houverem actualizações no blog, também me permite enviar e-mails a todos os assinantes quando precisar, mesmo sem publicar um post no blog.

Todos os assinantes do serviço anterior já foram cadastrados no novo serviço para ambas as línguas. Se quiser alterar a linguagem, clique em “actualizar preferências” ou “update preferences” no final do e-mail.

Se pretende subscrever, pode fazê-lo na barra à direita ou no formulário no final deste post. Preencha os campos e escolha a linguagem em que pretende receber e-mails. Tipo nada! Continue reading

E lá se vai 2016

E assim se foi mais um ano. Ainda há pouco era 6/Janeiro/2016 e daqui a nada será 2017. Como de costume para muita gente, é uma altura de avaliação do que correu mal e o que poderá ser feito de diferente no novo ano… mas não é sobre isto que vou escrever.

Continue reading

Bilingue

Nnnnnnnãaao. Não naquele sentido (o sentido angolano), mas o blog agora tem duas línguas!

A língua principal continuará a ser o português. Ao longo do tempo vou traduzir os posts mais antigos para inglês se achar relevante. Em todos os posts com duas línguas poderá ver no menu superior à direita a bandeira para ver a versão em inglês.
Continue reading

Hello World!!!

Tal como a indecisão quanto ao nome a dar ao blog, não consegui encontrar um título melhor do que o famoso “primeiro grito” de programação.

Decidi criar este blog depois de ouvir um podcast de Sean McGabe em que dizia:

You don’t need to be a master to teach. You just have to know something a bit better than others

Não é preciso ser um mestre para se ensinar. Só precisas saber algo um pouco melhor que outras pessoas

E com a chegada do novo ano, cá está!

Sou angolano, engenheiro de redes e neste blog encontrará um pouco de tudo que se passa na minha mente e a cada dia me faz descobrir o quão ignorante sou. Vou publicar o que achar interessante para o mundo mas principalmente assuntos relacionados com redes IP (Cisco), IT  e o meu progresso no conhecimento sobre automação e SDN (Software Defined Networking). Um dos objectivos é o de incentivar a publicação de conteúdo realmente angolano.

O visual do blog é ainda um trabalho em curso e vai ser aperfeiçoado ao longo do tempo.

Vamos a isso…